Novos requisitos para viajar para a Nova Zelândia

A partir do dia 1° de outubro de 2019, os visitantes e passageiros em trânsito devem ter um NZeTA (Autorização Eletrônica de Viagem da Nova Zelândia) e pagar um imposto sobre a conservação e turismo (IVL), aplicado para visitantes internacionais.

O sistema para solicitar o NZeTA estará disponível a partir de meados de julho de 2019 (data a confirmar) para viagens iniciadas a partir de 1 de outubro de 2019.

Quem precisa de um NZeTA?

Todos os cidadãos dos países atualmente isentos de visto, por exemplo, Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e passaportes da Comunidade Européia. Aplica-se a visitantes e tambem a passageiros em trânsito.

Os cidadãos de países que já necessitaram de visto antes deste novo regulamento devem continuar executando o procedimento correspondente. Os cidadãos da Nova Zelândia e da Austrália viajando com um passaporte desses países não precisam do NZeTA.

Quando solicitar o NZeTA e pagar o IVL?

O passageiro deve solicitar o NZeTA com suficiente antecedência a sua viagem à Nova Zelândia. A aprovação pode levar até 72 horas. Se o passageiro não tiver um NZeTA no momento do check-in para seu voo, ele não poderá embarcar. É possível solicitar um NZeTA no momento do check-in, mas se o escritório de imigração da NZ não processar a solicitação a tempo ou for rejeitado, o embarque será negado.

Nestes casos, o passageiro será responsável por quaisquer custos associados à mudança do bilhete. impostos e taxas, hospedagem, transporte, refeições, seguro e outras despesas.

Formas de solicitar NZeTA:

  • Baixando o aplicativo para o seu celular. Custo: NZD $ 9
  • Completando o formulário no site de migrações da NZ. Custo: NZD $ 12
  • O IVL custa NZD $ 35 para cada pessoa viajando para a Nova Zelândia e é cobrado na mesma transação que o NZeTA. Não aplicável para passageiros em trânsito.
  • O NZeTA e o IVL são válidos para múltiplas visitas e por 2 anos.
  • Enviaremos mais informações quando o site e o aplicativo portátil estiverem ativos.

Vai Fazer Intercâmbio? Deixe seu comentário!