Novo Visto ETA (Electronic Travel Authority) para Nova Zelândia

Governo da Nova Zelândia confirma ETA para visitantes ao país!

A imigração da Nova Zelândia divulgou em 25/Fev/2019, a utilização do ETA (Electronic Travel Authority) como medida para melhorar a segurança e agilidade no processo de entrada ao país.

A partir de julho de 2019, os viajantes poderão solicitar o ETA e, a partir de 1º de outubro de 2019 será documento obrigatório exigido aos viajantes.

O ETA tem como objetivo:

  • Aumentar a segurança e reduzir os riscos de imigração;
  • Melhorar a experiência do viajante;
  • Apoiar as relações internacionais e os acordos da Nova Zelândia;
  • Adaptar-se às mudanças nas necessidades e exigências do governo, acionistas e viajantes.

Quem necessita do ETA?

A partir do dia 1º de outubro de 2019, todos os viajantes de 60 países que possuem a isenção de aplicação de visto de visitante, dentre eles o Brasil, precisarão solicitar um ETA antecipadamente a sua viagem para a Nova Zelândia. Um ETA terá validade por até 2 anos e custará NZD $ 9,00 para solicitações através de aplicativos móveis e NZD $ 12,00 para solicitações de navegadores da web.

Os passageiros de um país isento de visto ou de um país que conceda a isenção de visto de trânsito, que estão em trânsito pela Nova Zelândia, também devem solicitar uma ETA a partir de 1º de outubro de 2019, mesmo que a Nova Zelândia não seja seu destino final.

O ETA será exigido aos viajantes cujo objetivo é entrar no país como turista, tendo sua primeira permanência legal por até 90 dias no país.

Leia mais no site da Imigração da NZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *