Fazer Intercâmbio de Graça é Possível?

Fazer um intercâmbio gratuito é o sonho da maioria das pessoas. Já imaginou? Fazer uma inscrição e ganhar uma bolsa de 100% do valor dessa experiência? É simplesmente perfeito.

O que ocorre, entretanto, é que essa não é uma realidade factível. Ao menos não a todos.

Intercâmbios gratuitos podem até existir, mas possuem seus segredos, assim como qualquer coisa gratuita. Por isso, você precisa entender se as vantagens e desvantagem que isso implica.

Em muitos dos casos, o curso realmente é de graça, porém o resto deve ser pago, inviabilizando a experiência. Em outros, você não paga nada com dinheiro, mas sim com seu trabalho.

Por isso, é preciso analisar bem a situação antes de assinar qualquer contrato. Muitas pessoas acabam se empolgando com a possibilidade e não veem tais detalhes. Com isso, podem terminar — por incrível que pareça — devendo bastante dinheiro.

Para não cair nessas armadilhas, continue neste texto e descubra a verdade sobre os intercâmbios gratuitos.

Intercâmbio gratuito existe?

Sim. Existe intercâmbio gratuito, porém ele não é simples de se conseguir. Geralmente, são bolsas de estudo que necessitam de um processo seletivo bastante complexo. Além disso, é preciso analisar o quão gratuitos são esses intercâmbios. Eles cobrem o curso? A moradia? A alimentação? Seguro-saúde? Essas são algumas das pegadinhas dos chamados intercâmbios gratuitos.

Como funciona um intercâmbio?

Antes de entrar no mérito dos custos de um intercâmbio, é preciso que você entenda como funciona essa experiência. São diversas variedades disponíveis, cada uma com sua particularidade.

Alguns modelos podem ser mais baratos, enquanto outros custam mais. Tudo depende dos fatores citados acima, tais como o curso, moradia, alimentação, passagem, entre outros.

Além disso, também existe o seu objetivo com essa experiência. Você quer aprender um novo idioma? Quer ter a vivência internacional? Aprimorar seus conhecimentos? Estudar em uma escola específica?

Assim, é preciso analisar todas essas características na hora de escolher a melhor opção para você. Para te ajudar, abaixo você verá um resumo de cada uma das principais opções disponíveis hoje em dia.

High School

O High School é uma das formas mais conhecidas de intercâmbio. Nele, jovens entre 13 e 17 anos fazem parte de seu ensino médio em outro país, vivendo o dia a dia de outra nação.

Normalmente, o período de estadia é de doze meses, permitindo assim que se cumpra por completo o ano letivo. Os jovens ficam em casas de família, tendo assim uma experiência mais real da vida no novo país.

Dificilmente você encontrará um intercâmbio gratuito para High School. Isso porque a modalidade não costuma oferecer bolsas, além de ter todo o custo da moradia e da escola.

Qual alternativa?

Estados Unidos! Ha opções de High School de custo muito acessível nos Estados Unidos, muitas vezes mais barato do que estudar em escola privada no Brasil.

Curso de idiomas

Outra opção bastante conhecida é a de cursos de idiomas. Nessa modalidade, o estudante viaja com um único objetivo: aprender um novo idioma. Ele pode ser realizado em qualquer língua e em diversos países.

Outro fator que o faz ser um dos preferidos é seu tempo de duração. Por ser mais aberto, é possível fazer de duas semanas a um ano de intercâmbio. Dessa forma, o estudante pode adaptar sua experiência ao valor que pode gastar.

Aqui também será difícil encontrar um intercâmbio gratuito. O principal fator para isso é a escola, que costuma ser particular. Com isso, os custos acabam existindo, sem contar aqui moradia, alimentação e passagem.

Qual alternativa?

Uma das opções é estudar inglês na Africa do Sul, la os cursos de inglês são muito baratos. Alem disso passagens para a Africa do Sul não costumam ser caros e as acomodações e alimentação são bem mais acessíveis que outros países de idioma inglês.

Universidades

Uma modalidade que é o sonho de muitos é a de cursar uma universidade fora do Brasil. Os desafios aqui, entretanto, são bem maiores que os das alternativas listadas acima.

Em primeiro lugar, você deve preencher requisitos básicos, educacionais e em alguns casos fazer uma prova. Também é preciso ter um certificado de proficiência no idioma.

O sonho do intercâmbio gratuito pode ser realizado aqui, mas não de forma fácil. Além de passar nas provas comentadas, você precisará ganhar uma bolsa de 100%. Geralmente essas bolsas são distribuídas a dois perfis: esportistas e estudiosos (acadêmicos) .

De qualquer forma, continua sendo uma jornada bastante complicada mas não impossível. Informe-se sobre bolsas com o Ministério da Educação, ou entre em contato direto com universidades no Exterior.

Qual alternativa?

A Nova Zelândia é um dos poucos países que oferecem descontos e incentivos para brasileiros estudarem um curso superior. E ainda oferecem incentivos para você ficar no pais apos formado. Veja as opções de bolsas na Southern Institute of Technology, na ilha sul da Nova Zelândia.

Cursos Técnicos

Os cursos técnicos surgem como opção de menor custo. Nessa modalidade, se faz um curso de período específico, dentro da área de interesse do aluno.

Diversos países oferecem tais cursos, mas não é simples de se conseguir bolsa. Quase sempre eles são pagos, o que já inviabiliza o tal intercâmbio gratuito.

Por fim, há ainda todos os custos extras, que dificilmente estão inclusos. Mesmo que consiga uma bolsa para o curso, ainda terá que arcar com a passagem, moradia e alimentação.

Qual alternativa?

A Australia tem um grande mercado de escolas privadas que oferecem cursos técnicos com baixo custo. A Envirotech oferece bons cursos técnicos e com um custo bem acessível.

Trabalho

Uma forma de intercâmbio que tem crescido muito nos últimos tempos é a que envolve trabalho no exterior. Muitos veem aqui a possibilidade de sair do país, aprender um novo idioma e ainda ganhar dinheiro.

O que ocorre, entretanto, é que para trabalhar, a maioria dos países exige que você esteja estudando. Dessa forma, o investimento continua existindo, mesmo que seja somente no início.

Muitas pessoas entendem que essa é uma opção de intercâmbio gratuito, já que você ganha dinheiro e pode pagar a experiência. A realidade, no entanto, é que o dinheiro ganho normalmente cobre somente os custos de vida. Assim, o valor do curso continua sendo um gasto.

Qual alternativa?

A Irlanda oferece grande facilidade na obtenção de permissão para trabalhar se você for estudar inglês no pais! Provavelmente você conseguira recuperar todo seu investimento usando uma estrategia de Estudo e Trabalho na Irlanda.

Voluntário

De todas as formas de intercâmbio, essa é a que mais tem chances de ser gratuita. Ainda assim, isso não quer dizer que seja simples, muito menos que seja de seu interesse pessoal ou profissional.

Normalmente os trabalhos voluntários são listados, e você deve escolher um para cumprir. Em troca desse trabalho, é comum que receba moradia e alimentação, da forma como eles acharem melhor.

Por fim, ainda tem uma característica esquecida por muitos. Ainda que sem custos muito altos aparentes, dificilmente você conseguirá ter sua passagem paga. Dessa forma, ele deixa de ser um intercâmbio gratuito, já que, somente de deslocamento você terá que pagar do seu bolso.

Os custos de um intercâmbio

Como você deve ter percebido, os custos de um intercâmbio vão muito além do que o valor do curso. Existem diversos valores escondidos nessa experiência, e cabe a você analisar se o intercâmbio gratuito realmente cobre todos.

Moradia

Existem diversos tipos de moradia disponíveis em um intercâmbio. Casa de família, residência estudantil, hostel, aluguel, entre tantos outros. Cada um possui um custo, mas a lógica é: quando mais privacidade, mais caro.

Alimentação

Antes de fechar o seu intercâmbio, analise como irá se alimentar no local. Os custos variam bastante de acordo com a opção disponível. Casa de família costuma ter comida inclusa, refeitórios são pagos, porém baratos, enquanto refeição particular encarece toda a experiência.

Deslocamento

Neste item, entram dois fatores. O primeiro é a passagem até seu destino, que é um dos custos mais altos que você terá. Depois, é preciso analisar também o deslocamento de sua residência até sua escola ou trabalho.

O intercâmbio gratuito

Como mostrado acima, existe sim a possibilidade de conseguir um intercâmbio gratuito. Ainda assim, é complicado colocar todas suas fichas nessa opção, já que os padrões exigidos são bem altos.

Essa alternativa sem custos dificilmente será disponibilizada a qualquer um. Normalmente, é preciso que você tenha um currículo invejável, uma capacidade física diferenciada ou bons contatos.

Para estudos em universidades, é difícil que as bolsas sejam dadas a alunos de graduação. Elas costumam ser dadas e estudantes de pós-graduação, mestrado ou doutorado, e tem o governo como fiador. Dessa forma, além de burocrático, é um processo para poucos.

Já as bolsas esportivas são dadas a jovens terminando o ensino médio. Para isso, é ideal que você faça o high school no país da bolsa. Somente aí já está incluso um custo implícito. Além disso, as exigências costumam ser muito altas, o que se traduz em pouquíssimas vagas para estudantes de fora.

A melhor maneira de fazer um intercâmbio

Com todas as informações disponíveis acima, é normal entender que é muito difícil tirar esse sonho do papel. A realidade, entretanto, é outra, bem mais favorável e você e a essa experiência.

A melhor opção para se fazer um intercâmbio é procurar por uma boa agência. Lá, você terá todo o suporte para conseguir os documentos para realizar o processo de forma mais rápida.

Além disso, hoje em dia existem diversas maneiras de pagar por seu intercâmbio. Na S7 Intercambio, é possível financiar essa viagem em até 60 vezes, o que a torna muito mais acessível.

Dessa forma, fazer o intercâmbio através de uma agência se mostra muito mais proveitoso. Ainda que exista a possibilidade de um intercâmbio gratuito, a burocracia e as dificuldades são um grande empecilho para a maioria..

Para tirar suas dúvidas a respeito das formas de pagamento e os melhores preços de intercambio acesse o site da S7 Intercambio. Lá, é possível inclusive fazer uma simulação de parcelas e ver pacotes , para que você já saiba aproximadamente quanto pode gastar e em quanto tempo pode pagar. 

Sobre a S7 Intercâmbio

A especialidade da S7 Intercambio é proporcionar o melhor caminho para encontrar o curso de inglês ideal para você na Austrália. Além de selecionar os melhores cursos, também nos preocupamos em oferecer as melhores escolas, disponíveis em todos destinos que trabalhamos. Nossa equipe está constantemente em busca de novas opções para promover sua formação profissional.

Vai Fazer Intercâmbio? Deixe seu comentário!